Compartilhe.info

Há pouco mais de um mês, em 19 de outubro, um asteroide peculiar foi detectado pelo telescópio Pan-STARRS1, no Havaí: 1I/2017 U1, apelidado de ‘Oumuamua. Ele tem a aparência alongada de um cigarro, cor avermelhada e 400 metros de comprimento. Agora, um pesquisador do Observatório de Paris confirmou o que a comunidade científica já suspeitava sobre esse objeto exótico: ele não é do Sistema Solar.

O problema é que, até a detecção inédita de 1I/2017 U1, nenhum desses objetos havia sido observado diretamente pelos telescópios terráqueos. Esses asteroides turísticos agem como gringos na nossa vizinhança cósmica: percorrem trajetórias diferentes, mais abertas, que não batem com a de asteroides já familiares. Quando eles aparecem, os especialistas sabem que eles têm algo de exótico – da mesma maneira que você consegue reconhecer um estrangeiro no metrô só de olhar.

Por favor, desative o seu AdBlock para o site compartilhe.info e ajude-nos a continuar trazendo conteúdo de qualidade. Veja como fazer isso »